Movimento Ficha limpa

Escolha um estado

Acre

Ver todos
NOME:

Antônia Luciléia Cruz Ramos Câmara

NOME DE URNA:

Antônia Lúcia

NÚMERO DE URNA:

20

SITUAÇÃO:

PARTIDO:

PSC

Antônia Lúcia é deputada federal do Acre, filiada desde 2007 ao Partido Social Cristão (PSC).  A deputada, eleita em 2010, responde pela acusação de prática de improbidade administrativa e abuso de poder econômico. O Ministério Público Federal no Acre acusa a deputada de utilizar indevidamente R$ 104 mil em produção e divulgada de propaganda veiculadas em outdoors, cartazes e ônibus, em onze municípios do estado.

A deputada ainda é acusada de praticar duplicidade no pagamento, tento pago a empresa R2 Agenciamento de Espaços para Publicidade por um serviço que, na realidade, foi efetuado pela empresa Acre Publicidade. A deputada já foi acusada de compra de votos para sua eleição em 2010. Ela teria distribuído aparelhos de som, bicicletas, computadores, motores de barcos e geradores de energia em troca de votos.

Lúcia também foi investigada por suposto uso indevido da Rádio Boas Novas, distribuição de gasolina e captação de votos entre fiéis da igreja durante a eleição de 2010. Em 6 de setembro de 2010, a Polícia Federal apreendeu uma caixa com R$ 427 mil, sem identificação, que seria usado na sua campanha eleitoral, segundo o Ministério Público.

Antônia Lúcia – Impugnada

Por conta das condenações por abuso de poder econômico na eleição de 2010, Antônia Lúcia e seu marido, Silas Câmara, deputado federal do Amazonas, deverão ser impedidos de concorrerem aos cargos de deputados federais de seus respectivos estados. A real impugnação de suas candidaturas não depende da Lei Ficha Limpa, mas da interpretação de um juiz para cada um dos casos.

 

O Movimento Ficha Limpa tem como principal objetivo mostrar aos eleitores quais são os candidatos aptos a participar das eleições e que não tenham processos e acusações graves pendentes na justiça. Qualificar o candidato como bom ou ruim de acordo com seus ideais não a missão nem a responsabilidade do movimento, que preza pelo direito de escolha do cidadão brasileiro de optar por qualquer tipo de posição ideológica ou partidária.